MÃE... / HOMENAGEM DA EDUCARE - EPP A TODAS AS MÃES DA NOSSA ESCOLA EM 2013

10/05/2013 15:07

MÃE...

 

 

Mãe e filho se completam. Preenchem-se num espaço único. Cabem em um só.

Refletem entre si compartilhando do mesmo corpo, do mesmo sangue, da mesma respiração.

Suas dores e alegrias não se somam. São as mesmas. São únicas e não conseguem nunca ser incompatíveis.

Não há melhor abraço, melhor carinho, melhor acolhimento.

Não há maior amor, maior compreensão, maior respeito.

São feitos em um ciclo harmônico e recíproco. O filho nasce para Mãe. A Mãe nasce para ter o filho. E são o mundo e a vida um para o outro.

E Mãe nasce duas vezes.

Pois, não há vida de mãe que não renasça junto ao nascimento de seu filho. Muda-se a razão de sua própria existência.

O seu filho será sempre a imagem pela qual buscarão os seus olhos, a voz que buscarão os seus ouvidos. Será aquele de quem sempre se ocuparão seus pensamentos.

Amor entre Mãe e filho é incondicional.

É o amor pronto. Acabado em si mesmo. É um amor que não espera em exigências, porque ele tudo acolhe, tudo compreende, tudo aceita, de tudo se satisfaz.

E não é cego. É o amor que mais enxerga, o que vê através de tudo. E por isso mesmo é o mais sincero e verdadeiro, porque nele há a certeza da pessoa que se ama, e a certeza de que o ama mesmo assim.

E quando separados pela distância, Mãe e filho se perfazem na maior expressão de saudade, porque longe um do outro são incompletos, e a saudade passa a ser até de ‘si mesmo’.

Mas, seus caminhos nunca se afastam. São traçados lado a lado, pois não há distância que os impeça de se acompanharem.

E não importa quão longe caminhe um filho, ele nunca encontrará outro lugar que sempre poderá voltar assim como sempre o poderá para os braços de sua Mãe.

É o colo que sempre lhe cabe, os braços que sempre o alcançam, e o coração que sempre o ama.

É o amor que exala sem nem precisar ser dito. É uma paixão que o aquece como fonte de vida.

Os filhos devem agradecer às Mães por ter-lhes dado a vida. Devem agradecer às Mães por viverem com eles, para eles e por eles.

Mãe e filho. Uma só vida. Um só sentimento. Uma só razão.

                                                                             Texto de Paulo Henrique Almeida
     
 
Nossa homenagem a todas as Mães nesse 12 de maio de 2013.
 
                        Feliz Dia das Mães!

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!